Avaliação de ativos

Laudo de avaliação dos bens do ativo imobilizado

Avaliação patrimonial de imóveis e bens móveis
Laudo para ajuste de avaliação patrimonial

Definição do valor de mercado, valor em uso ou valor justo e vida útil dos bens do ativo permanente imobilizado

Engenheiros peritos avaliadores de imóveis e bens móveis

Serviços técnicos de elaboração de laudos de avaliação patrimonial conforme normas técnicas para atender exigências legais e administrativas

Fale conosco Facebook Google+ Whatspp

Laudo de avaliação patrimonial de bens para fins de direito

Serviços especializados de engenharia de avaliações e perícias de engenharia - laudo técnico de avaliação patrimonial dos bens móveis e imóveis do ativo permanente imobilizado - laudo de avaliação de empresas cumprindo as finalidades previstas na legislação - elaboração de laudo para determinação da vida útil, valor justo e taxas de depreciação de imóveis e bens móveis, máquinas, equipamentos, instalações e bens industriais. Laudo para ajuste de avaliação patrimonial conforme normas técnicas da ABNT. Reavaliação para "impairment test" e laudo para fins de seguro, garantias e penhoras, comércio exterior, alienação fiduciária e outras finalidades previstas nas normas vigentes. Serviços de engenharia legal em processos judiciais - elaboração de laudo para fins de direito em conformidade com as normas da ABNT.


Avaliação patrimonial é a análise técnica, realizada por engenheiro de avaliações, a fim de identificar o valor de um bem, de seus custos, frutos e direitos, assim como determinar indicadores da viabilidade de sua utilização econômica, para uma determinada finalidade, situação e data, entendendo-se como bem toda e qualquer coisa que tem valor, suscetível de utilização ou que pode ser objeto de direito, que integra um patrimônio. Essa definição está na Norma ABNT NBR 14653, que estabelece os conceitos, métodos e procedimentos que devem ser adotados na elaboração dos laudos de avaliação patrimonial.

O objetivo da avaliação de um bem é encontrar o justo valor para uma determinada finalidade, situação e data, baseado em fatos e acontecimentos que influenciam, a cada momento, o resultado final do valor do bem avaliado, considerando simultaneamente os fatores CUSTO e UTILIDADE, esta especialmente, porque todo valor decorre de utilidade. Os procedimentos e cálculos a serem adotados nos trabalhos de elaboração do laudo de avaliação patrimonial estão estabelecidos em normas específicas e os laudos de avaliação, para que tenham amparo legal, carecem do aval de responsáveis técnicos devidamente habilitados. Na maioria dos casos, o valor de mercado, obtido pelo método comparativo direto de dados de mercado, é a melhor expressão do valor de um bem, especialmente quando se trata de laudo de avaliação de imóveis urbanos.

As palavras VALOR e CUSTO, bem como PREÇO, têm significados distintos: PREÇO é a quantia paga pelo comprador ao vendedor e CUSTO é o preço pago mais todas as outras despesas em que incorre o comprador na aquisição de determinado bem, enquanto VALOR não é, necessariamente, igual ao custo, embora possa ser este uma prova de valor.

A Engenharia de Avaliações fundamenta-se em métodos científicos baseados no conhecimento com a finalidade de encontrar a expressão monetária do bem, tendo em princípio a premissa de que todo valor decorre da utilidade do mesmo.

A legislação societária (Lei 6.404 de 15/12/1976 e alterações introduzidas pela Lei 11.638 de 28/12/2007) determina que as resoluções de sociedades, nos eventos de Incorporação, Fusão, Cisão, Dissolução ou Ajustes de Avaliação Patrimonial com fins contábeis e fiscais, carecem da Avaliação dos bens que integram o patrimônio a valores de mercado ou valor justo. Além disso, as avaliações podem se fazer necessárias com o objetivo de atender outras finalidades, segundo determinações legais.

Os bens, tangíveis e intangíveis, passíveis de serem avaliados são aqueles classificados na categoria de ativo permanente (dividido em investimentos, imobilizado, intangível e diferido em ordem de liquidez).

Decidida a conta ou o conjunto de bens a serem avaliados, deverá a sociedade atender as formalidades legais, dentre elas a nomeação de peritos (no mínimo três) ou empresa especializada de avaliações patrimoniais.

A legislação determina que esta nomeação deverá ocorrer em Assembléia Geral Extraordinária, no caso de sociedades por ações, ou por Reunião de Quotistas, no caso de sociedades limitadas.

Os peritos ou a empresa especializada de engenharia de avaliações, a serem nomeados por via dos instrumentos acima, deverão possuir especialização profissional correlata a matéria e conhecimentos necessários, de tal forma, a que se habilitem a execução da avaliação dos ativos, de acordo com as características de cada bem. Esta exigência (em cumprimento ao estabelecido na Lei Federal 5194 de 24/12/66, nas resoluções n. 205, 1010 e 345 do CONFEA e na norma NBR 14.653 da ABNT) faz com que, na maioria do casos, seja necessária a formação de equipe multidisciplinar para a análise técnica e elaboração do laudo de avaliação patrimonial. Evidentemente, ficam sujeitos a suspeição aqueles laudos de avaliação patrimonial que sejam elaborados em desacordo com essas determinações legais.

Além de avaliação patrimonial para fins de direito, prestamos serviços de Engenharia Legal, na eventualidade de avaliações judiciais e atuamos nos processos no encargo de perito assistente técnico, nas áreas de engenharia civil e de engenharia mecânica, nas ações kudiciais que requeiram perícias de engenharia ou como Perito do Juízo, quando nomeados nos autos do processo pelo Juiz da causa. Somos engenheiros peritos avaliadores de bens e direitos filiados ao IBAPE.

Independente dos bens que pretende avaliar e da finalidade do laudo, consulte-nos.

Somos empresa especializada de Engenharia de Avaliações devidamente habilitada com mais de dez anos de experiência em elaboração de laudo de avaliação patrimonial para fins de direito.



Fale conosco Nossos clientes